• Rua Padre Inglês,143, Boa Vista - Recife - PE CEP: 50050-230
  • (81) 3423-3396
  • seminariodeeducacaocrista@gmail.com

Nossa história



Capacitar pessoas vocacionadas para múltiplos ministérios na expansão do Reino de Deus.

Em cumprir a grande Comissão de Cristo através da capacitação e aperfeiçoamento de pessoas vocacionadas para o serviço do Reino de Deus. Com uma instituição que exerça uma influência tão marcante, profunda e séria sobre as Igrejas, que produza um retorno positivo para a própria instituição, em termos de vocação e compromisso em todos os níveis.

Um eficiente sistema educacional é necessário para um completo programa religioso do povo de Deus, pois o cristianismo é a religião do esclarecimento e da inteligência, de serviço à comunidade e da cônscia comunhão com Deus. A causa educacional do Reino de Cristo envolve a obra missionária, beneficente, todo o ministério da igreja, consequentemente, deve ser por esta apoiada. Na educação cristã há

Outras informações

Nossa diretora é a professora Solange Ribeiro Araújo. Ela tomou posse do SEC no dia 17 de abril, na Assembleia Anual da União Feminina Batista Missionária do Brasil, que aconteceu em Santos (SP). Ela é formada em educação cristã na casa e também é pedagoga (pela UVA) e pós-graduada em Gestão Educacional (na Faculdade Européia de Administração e Marketing). Ela também é educadora da Igreja Batista Central do Ibura.

Foi no ano de 1916, que a Missão Batista do Norte, estimulada pelo ideal da jovem amazonense Josefa Silva, nomeou uma comissão para estudar a possibilidade de iniciar no Brasil uma escola feminina. Sendo o parecer favorável, surgiu em 1917 a “Training School” anexa ao Colégio Americano Batista tendo como principal objetivo, habilitar professoras cristãs para as escolas anexas às igrejas.

O SEC, ao longo dos anos, tem expandido sua área de ação alcançando os diversos ministérios da igreja, procurando firmar e atualizar sua identidade. Em 1938, as senhoras do Nordeste solicitaram à União Geral de Senhoras que assumisse a administração da escola de obreiras do Recife, fato que se concretizou em 1941.

Em 1919, por sugestão do sociólogo Gilberto Freire, a escola passou a ser chamada de Escola de Trabalhadoras Cristãs (ETC), nome que perdurou até 1958, quando foi mudado para Seminário de Educadoras Cristãs. Desde janeiro de 1995, o SEC tem um novo nome: Seminário de Educação Cristã.

A história continua! Milhares de alunos têm passado pelo SEC com objetivo muito especial: ser um missionário em sua terra ou em campos estrangeiros. O nosso Deus está conosco, hoje e sempre, fortalecendo nossas mãos para o exercício do Seu ministério.


Saiba de nossa história

Em 1917 uma amazonense decidiu vir ao Recife para estudar a Bíblia. Foi grande a sua surpresa ao constatar que as escolas existentes, Colégio Americano Batista e STBNB, não aceitavam mulheres como alunas. Ela porém estava determinada a obedecer a voz de Deus e a não sair daqui até que tivesse recebido o preparo adequado para exercer sua atividade de professora da Bíblia junto às suas crianças no Amazonas.

O casal Taylor hospedou Josefa Silva em sua casa, organizando a primeira escola feminina do Brasil para estudo da Bíblia. A princípio recebeu o nome de Escola da Bíblia, formando duas alunas, em 1918, Josefa Silva e Anísia Duclerc. Os anos foram passando e uma simples escola, que começou com duas alunas, e em 1920 mudou de prédio e de nome para Trainning Scool, já contava com um número expressivo de alunas. Em 1922 passou a se chamar Escola de Trabalhadoras Cristãs, e funcionava em uma área bem maior, abrigando e formando cada vez mais alunas de todo o Brasil. Em 1958, formou-se a 1ª aluna com o grau de Bel. em Educação Religiosa, Marialva Gonçalves razão porque a Escola recebeu o nome de Seminário de Educadoras Cristãs, continuando com o firme propósito de prepar mulheres vocacionadas.

Em 1994 passou a chamar-se Seminário de Educação Cristã, e desde então o SEC recebe alunos nos mais diversos cursos oferecidos ampliando assim a visão de preparo também para obreiros vocacionados. Com o passar dos anos o currículo foi sendo aperfeiçoado enriquecido cada vez mais, dando lugar às habilitações.
A ênfase no Ministério Social Cristão aconteceu com a chegada da missionária Edith Vaughn, a qual fundou a Casa da Amizade, em 1954 que atua em favor da comunidade sendo também um local para treinamento das alunas que se têm dedicado ao Ministério Social Cristão.
A Casa da Amizade desenvolve atividades com as mães, escola para crianças, área de saúde e cultura espiritual entre outras. O ensino da música com vistas à formação do educador sempre esteve presente no currículo do SEC. As alunas do Bacharelado em Educação Religiosa cursavam piano, canto e regência. Foram organizados o Coro do SEC e o conjunto de sinos, com a chegada dos primeiros sinos no Brasil.
O SEC tem sido uma instituição missionária desde a sua fundação. Nossos filhos e filhas são educados com a visão missionária. Temos a alegria de ter enviado aos campos missionários vários alunos, em convênio com as juntas missionárias da CBB, CBPE e de outros Estados brasileiros. Em 1996 foi organizado no SEC o primeiro Centro de Missões entre os Batistas Brasileiros, o CETEMI – Centro de Estudos Transculturais e Missão que existe para promover a inspiração e a conscientização missionária e ajudar na reflexão missiológica sobre a tarefa da igreja de Cristo no mundo.
O CETEMI promove vigília, palestras e treinamento para promotores de missões em parceria com a CEVAM, JMM e JMN. Também tem servido de espaço para preparo e treinamento dos missionários da JMN. Por onde andam nossos ex-alunos? Espalhando o Reino de Deus e reafirmando o ministério educacional do SEC, nos municípios da Região Norte, Sul, Sudeste, Centro Oeste e Nordeste do Brasil e ao redor do mundo.

São Ministros de Educação Cristã, Ação Social e Música das igrejas, secretárias, missionárias, professores de colégios e universidades. São dirigentes de centros sociais, de creches ou estão liderando os Centros Missionários de nosso país. São missionários da JMN, JMM e JMEstaduais. Muitos em países estrangeiros pregando o evangelho a toda a criatura, enquanto outros estão aqui segurando as cordas, promovendo missões, formando sempre novas gerações de obreiros… Tudo isso graças a ousadia da aluna Josefa Silva e do empenho de funcionários, professores e reitoras que contribuíram e continuam contribuindo para o desenvolvimento de vidas para a obra do Senhor.